sábado, 27 de dezembro de 2008

Dízimos e Ofertas significam sangue dos salvos?

Publiquei recentemente aqui no blog uma seqüência de 8 vídeos, onde o ex-pastor Diego dá seu testemunho, e revela o que acontece nos bastidores da Igreja Universal do Reino de Deus...

Por curiosidade, passei por um blog de um membro da IURD que postou aqui, e lá estava publicado o credo da Igreja...


Daí me veio a pergunta: Alguém com uma visão mais crítica que a minha pode me ajudar entender isso aqui:

11. Os dízimos e as ofertas são tão sagrados e tão santos quanto a Palavra de Deus. Os dízimos significam fidelidade, e as ofertas, o amor do servo para com o Senhor. Não se pode dissociar os dízimos e as ofertas, o amor do servo para com o Senhor Jesus, uma vez que eles significam, na verdade, o sangue daqueles que foram salvos em favor daqueles que precisam ser salvos.

Esse é o 11º credo da Igreja Universal do Reino de Deus.

Se entendi bem, os dízimos e as ofertas são tão santos quanto a Bíblia e significam o sangue daqueles que foram salvos (?), para ajudar os que precisam ser salvos (?)... será que é o Edir Macedo que precisa dessa salvação?

Diz a Bíblia...
"Por isso, vos digo: não andeis cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer ou pelo que haveis de beber; nem quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o mantimento, e o corpo, mais do que a vestimenta?" (Mt 6.25)

Ainda bem que Jesus deixou essas palavras, onde a vida é mais valiosa que o mantimento e o corpo mais valioso que a vestimenta, caso contrário serviria de apoio para o credo.

Deixe seu comentário, o que você acha desse credo?

4 comentários:

Ev. Paulo André disse...

A paz do Senhor meu caro amado, Jean, bom sei que esse assunto é em nosso tempo muito polémico em relação aqueles que não tem prazer de agradecer a Deus pelos beneficios que o Senhor tem lhes propocionado, bom em relação ao comentário é um absurdo em se tratando de dar o sangue, é verdade que o dízimo é santo conforme Lv. 27.30-33 "Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, säo do SENHOR; santas säo ao SENHOR.
31  Porém, se alguém das suas dízimas resgatar alguma coisa, acrescentará a sua quinta parte sobre ela.
32  No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara, o dízimo será santo ao SENHOR."
33  Näo se investigará entre o bom e o mau, nem o trocará; mas, se de alguma maneira o trocar, tanto um como o outro será santo; näo seräo resgatados"

Mas isso não quer dizer que os dízimos é mas sagrado do que a Bíblia, isso é heresia das grandes, a palavra de Deus está acima de todas as filosofias,costumes, tradições,dogmas,religião,relelação,visões etc. então devemos analizarmos com muito criterios algumas ideologias que tem entrado no meio evangelico que trazido inormes gravidades ao evangelho do Senhor Jesus. E vc sabe tambem que o dízimo não salva,foi ordenado por Deus para agradecermos a Ele pelas benção, quem quer ser abençoado cumpri, quem não quer não cumpri.(risos)

Jean estou preparando um assunto sobre os dízimos e irei publicar, aproveitei para deixar a minha opinião

Paulo Campos Jr disse...

Sobre o seu comentário e o credo da IURD:

"...o sangue daqueles que foram salvos em favor daqueles que precisam ser salvos."

Vou lhe explicar algo amado.

O sangue (fruto do trabalho) daqueles que foram salvos (eu) em favor daqueles que precisam ser salvos (as pessoas perdidas).

Se você não entendeu, vou explicar melhor:

Um dia eu estava perdido, viciado em drogas, fugindo de um traficante famoso aquí do Rio de Janeiro, então ví uma IURD aberta que foi construída com o sangue (trabalho, suor...) das pessoas que ofertavam e dizimavam na IURD. Graças a Deus por isso. Por causa do sangue, suor e trabalho delas é que aquela IURD estava alí aberta, ou seja, sangue dos salvos em favor daqueles que precisam ser salvos.

Amém?

Deus abençoe e que eu possa ter esclarecido suas "dúvidas".

Em relação ao comentário acima descrito do sr. Paulo André, quero também postar algo para ele:

Antes de falar que algo é anti-bíblico, procure ler a Bíblia.

"... o dízimo não salva,foi ordenado por Deus para agradecermos a Ele pelas benção, quem quer ser abençoado cumpri, quem não quer não cumpri.(risos)"

Onde está escrito isso meu amado? Que base bíblica é essa?

" Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas." (Malaquias 3:8)

Esta é a versão da Bíblia Almeida corrigida e revisada fiel.

Vamos a outra versão:

"Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas." (Malaquias 3:8)

Esta é a versão revista e atualizada.

Vamos a outra versão até você entender:

"Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas alçadas." (Malaquias 3:8)

Esta é a versão revista e corrigida (1995).

Quer a versão católica?
Está aqui:

"Pode o homem enganar o seu Deus? Por que procurais enganar-me? E ainda perguntais: Em que vos temos enganado? No pagamento dos dízimos e nas ofertas." (Malaquias 3:8)

Até os católicos tem isso escrito bem legível na Bíblia deles!

De onde você tirou essa doutrina?

"...quem quer ser abençoado cumpri, quem não quer não cumpri."

O dízimo ocupa um lugar importante, pois é o principal meio de sustento da igreja.

Digo mais: Jesus Cristo nunca anulou o dízimo e como bom judeu o praticou e estimulou sua prática.

Tenho bases bíblicas para provar tudo isso e, em meus textos nunca disse ser o dízimo mais importante do que a Palavra de Deus, não deturpem minhas palavras, mas disse que é tão importante quanto, ou seja, tem a mesma importância porque quem rouba é ladrão e ladrão não entrará no Reino de Deus.

"Mas Judas Iscariotes, um dos seus discípulos, o que estava para traí-lo, disse: Por que não se vendeu este perfume por trezentos denários e não se deu aos pobres?
Isto disse ele, não porque tivesse cuidado dos pobres; mas porque era ladrão e, tendo a bolsa, tirava o que nela se lançava. (João 12:4-6)

Quem rouba a Deus é ladrão e todos sabemos que fim se deu a Judas.

E mais:

"Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas,nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus." ( I Coríntios 6:9 e 10 )

Deus abençoe.

CEADEJ - JABOATÃO DOS GUARARAPES disse...

Querido vejo até um esfoço da sua parte em enumerar varias versões de malaquias 3.8. relacionado com o dízimos, em hipotese alguma eu disse que era contra o dízimo, agora falei e falo com base biblica, sim, e vou lhe mostra em relação a frase que vc gostou de frisar " "... o dízimo não salva,foi ordenado por Deus para agradecermos a Ele pelas benção, quem quer ser abençoado cumpri, quem não quer"

Em 1º lugar gostaria que vc me provasse que quem não da o Dízimo vai para o inferno?? pois baseado nas vesões que vc tanto fez questão em citar se fizermos um paralelo com 1 Cor. 6.9 que Diz "9 Näo sabeis que os injustos näo häo de herdar o reino de Deus?
10 Näo erreis: nem os devassos, nem os idólatras, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas, nem os ladröes, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdaräo o reino de Deus.

Concluimos os dois textos que quem não dá os dízimos não herdara o reino de Deus, quer dizer (vai para o inferno)
Retorno a dizer será que todos os crentes que não dão os seus dízimos vão para o inferno??? responda. Queres colocar faca no pescosso do povo, é isso que vc aprendeu!!!!!

Vou explicar a minha colocação em relação que "quem quer se abençoado cumpre o "mandamento, a ordenança de Deus, não só em malaquias mas em toda a bíblia que esta relacionado com o tema"

1 - Havia dois montes que Deus determinou para o seu povo.
Deuteronomio Cap 27 e 28.
Se vc caro amigo obs o Cap. 26 Deus fala das primicias da terra, e fala da oraçao daqueles que deu os dízimos. Ai vem o ato condicional daqueles que quer ser abençoado, foi por isso que coloquei a frase."quem quer ser abençoado(monte Gerizim)cumpri, quem não quer(monte Ebal)não cumpri. É condicional. Deus não coloca faca no pescoso de ninguem!!!! ele nos mostra o caminho, para sermos abençoados cabe a mim escolher. (Dt.30.19-20).

A) As maldições que serão lançadas do monte Ebal C.27 11-26.
b) As bençãos que serão lançadas do monte Gerizim. C. 28. 1-14.

Agora em relação a Salvação Jesus que é o nosso Execelso professor sabia que muitos não cumpririam esse mandamento, pois existem muitos hipocritas na igreja, dizem que cumpri com os dízimos, mas não fazem, os dízimos é uma forma de gratidão a Deus, pois em 1º lugar Deus vê é o ofertante e depois a oferta. Gn. 4.4 "...e atentou o SENHOR para Abel e para a sua oferta.

Então Deus vê a maneira de como estamos ofertando de todo nosso coração, deve esta disposto a agradecer a Deus pelas benção que ele nos propociona.

Ex. A oferta da viuva Lc.21 1-4."Temos aqui uma lição de Jesus a respeito de como Deus vê nossas contribuições e donativos. (1) A
oferta que damos a Deus é avaliada, não segundo o montante da contribuição, mas pela quantidade de sacrifício nela envolvido. Os ricos, às vezes, contribuem do que lhes sobra não lhes custa nenhum sacrifício. A oferta da viúva custou-lhe tudo. Ela deu tudo o que podia. (2) Este princípio pode ser aplicado a todo o nosso serviço prestado a Jesus. Ele julga o trabalho que lhe prestamos, não pelo seu volume, influência ou sucesso, mas pelo volume de sincera dedicação, sacrifício, fé e amor nele envolvido"

Outro exemplo de que os dízimos não impede de sermos salvos, mas mede a nossa fidelidade com Deus no sentido de sermos gratos Lc 18.9-14.
Para sua resposta sou grato a Deus pelos beneficios de ser dizimista fiel, pois eu entendo que quando cumprimos os mandamentos Deus, Ele nos abençoa,para finalizar vc usou muito malaquias 3.8, mas se vc observar o v.9 esta escrito sobre quem não da os dizimos recebera algumas maldicões, obs que maldições ai, não esta relacionada com maldições hereditarias,nem em salvação e sim financeira.

Bom amado Ir. Paulo Campos Jr. tenho outras argumentação, mas o espaço não nos da para isso, só repliquei, por causa dos termos que vc usou, "eu tenho lido a Biblia, mas vejo que não leio como vc."

"Os que não querem ser vencidos pela verdade, são vencidos pelos erros" Agostinho.

Paulo Campos Jr disse...

Desculpe a demora para postar, após conversar com Jean, mostrei a minha indignação com tudo isto que aconteceu neste blog, afinal de contas não estamos aquí para discutir opiniões, mas nosso principal objetivo é ganhar almas para o reino dos céus.


Ev. Paulo André, me perdoe as palavras, foram duras e sei disso, mas suas palavras também não foram doces como o mel, seu tom de crítica foi indiscutível e sua ironia inevitável pelo visto.

Eu não sou Deus, não sei quem vai entrar ou não no céu, porém sei que eu não deixaria entrar um ladrão na minha casa, acredito que nem o senhor deixaria entrar um ladrão que sabe que é ladrão e não procura se consertar.

Esse ladrão roubaria o que é seu e isso não é justo. Enquanto aquele que não lhe rouba e lhe é fiel poderá entrar quando bem entender em sua casa.

Creio eu que a casa de Deus não é uma bagunça, nem o reino dos Céus, a Nova Jerusalém. Se Deus é Justo Juiz, tenho certeza que ladrão não entra.

Outro fato é que Deus disse: "Roubará o homem a Deus? Todavia, vós me roubais e dizeis: Em que te roubamos? Nos dízimos e nas ofertas." (Malaquias 3:8)

Quem rouba é o quê?


Como esse assunto nunca vai ter fim, fico por aquí. Deus abençoe a todos.